Emissão de Notas: como usar a NFC-e e NF-e

Como usar a NFC-e e NF-e? Muitas pessoas ainda tem dúvidas sobre a emissão de notas e a minha intenção é que você entenda cada passo e a importância de cada um, dessa forma espero que ao fim desse post você tenha conhecimento suficiente e não se sinta perdido. Saiba como se habilitar para emitir a Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) e Nota Fiscal Eletrônica (NF-e).

Por onde começar…

Primeiro, você precisa estar com a casa em ordem, em outras palavras, a sua empresa precisa estar com a Inscrição Estadual regular. Para isso é necessário verificar com o contador se não há nenhuma irregularidade e se todos os impostos estão em dia.

E claro, você precisa de um sistema emissor de NF-e e NFC-e. Hoje há sistemas que podem emitir as duas notas, entretanto se você optar pelos emissores gratuitos, eles são separados e há um para cada tipo de nota.

Certificado Digital: o que é e para que serve?

Se está tudo certo com o CNPJ da empresa o próximo passo é adquirir um certificado digital, A1 ou A3, no padrão ICP-Brasil.

O Certificado Digital é como uma assinatura digital, ou seja, é o que irá dar autenticidade e segurança aos seus documentos digitais, confirmando que a nota ou qualquer outro documento digital foi emitido por você e tem validade jurídica. Também é através do certificado que a SEFAZ autoriza a emissão de seus documentos digitais.

Somente empresas cadastradas como Autoridade Certificadora possuem permissão pela Receita Federal para emitir um certificado digital, procure uma em sua cidade. Basta digitar no Google, por exemplo, “Certificado digital em Goiânia”.

Há dois modelos:

– Modelo A1: um arquivo digital a ser instalado em um único computador, válido por 01 ano e pode ser usado para emitir NF-e, NFC-e e NFS-e.

– Modelo A3: uma mídia criptográfica móvel, vem em formato de Token ou Smartcard, pode ser instalado em qualquer computador, válido por 02 ou 03 anos, permitindo emitir apenas NF-e e NFC-e, caso a sua empresa precise emitir NFS-e, o modelo A3 não tem utilidade.

Com o Certificado em mãos…

Após emitir o Certificado Digital, independente do modelo, você deve fazer a instalação no computador que será utilizado para a emissão de notas. Toda ação digital daqui em diante irá requerer o certificado digital instalado no seu computador.

Credenciamento.

Geralmente, as empresas de softwares, como a Tec-Info, costumam fazer essa etapa para os seus clientes. Mas vamos lá!

Com o certificado instalado, o próximo passo é solicitar o credenciamento no site da SEFAZ do seu estado.

O credenciamento tem por finalidade solicitar ao SEFAZ a autorização para realizar algum procedimento, como emissão de NF-e, NFC-e, CT-e, etc. Solicitando o credenciamento, será possível acessar o Ambiente de Homologação, para realizar testes, com um número mínimo exigido, como emissão de notas, cancelamento, entre outros, sem validade jurídica.

Fique atento, cada federação possui procedimentos específicos de credenciamento, veja as regras no site da SEFAZ correspondente ao estado onde empresa está registrada.

Estamos quase lá!

Para finalizar você deve solicitar o Código de Segurança do Contribuinte (CSC), usando o computador em que o certificado foi instalado.

Esse código possibilita ao consumidor averiguar a validade da NFC-e através do QR-Code que será impresso no DANFE-NFC-e. Ao mesmo tempo assegura a empresa de que seu DANFE-NFC-e não sofra fraudes.

E agora?

Falta apenas configurar o seu sistema emissor!

Se possuir uma solução particular como o IFaster, um profissional deixará o seu sistema pronto. Na Tec-Info oferecemos suporte completo, auxiliando desde na escolha do certificado até as etapas finais.

Há os emissores gratuitos de NF-e e NFC-e, porém, 92% dos contribuintes possuem soluções particulares, por serem mais fáceis, ágeis e auxiliarem na gestão da empresa.

É importante saber que…

Renove seu certificado dentro do prazo! Se não for renovado sua empresa ficará sem emitir notas, e se isso acontecer pode trazer complicações com a fiscalização.

Não jogue essa responsabilidade para o contador! Ele tem vários clientes para atender e quando você precisar, pode ser que ele não te atenda e isso causará transtornos. Não que seja culpa dele, mas essa responsabilidade é realmente sua e você deve se ocupar disso.

Se não souber onde emitir seu Certificado Digital, não se desespere! Saiba que os Correios e o Serasa podem emitir certificado digital, cabe a você avaliar qual o modelo se adequa melhor a sua empresa e ao seu bolso.

Acerte no seu sistema emissor! Você é livre para escolher o sistema que quiser, mesmo se o contador, o cachorro, a autoridade certificadora tentar te empurrar um sistema, pense bem se ele realmente atende as suas necessidades. Muitas empresas pagam caro por sistemas e usam apenas metade, sendo que poderia pagar mais barato por um sistema mais assertivo.

Não esqueça de cessar sua impressora fiscal ou dar baixa nos blocos de notas em papel, modelo A-1 ou modelo 2. São procedimentos obrigatórios, você pode pagar multa se não os fizer. “Saiba quando você terá que tirar o cupom fiscal”

Use a tecnologia ao seu favor! Aproveite o seu sistema emissor de notas e melhore a gestão da sua empresa! Com um sistema de Automação Comercial, como o IFaster, é possível economizar e melhorar o seu negócio. Aprenda a economizar com o um sistema de Automação Comercial”

Espero que eu tenha esclarecido suas dúvidas, para que quando sua empresa for utilizar NF-e e NFC-e, você entenda do assunto e não fique perdido no meio de tantas informações.

Se quiser conhecer nosso sistema para emissão de notas, ou precisa de mais alguma ajuda para entender esse mundo digital, entre em contato comigo! Deixe seu comentário abaixo, mande um e-mail, ligue, faça sinal de fumaça, que eu irei te atender. Meu e-mail brunna.candida@ifaster.com.br, mas se quiser falar direito com o CEO da Tec-Info envie nesse e-mail junior@ifaster.com.br. Nosso telefone (62) 3092-2026.

 

Brunna Candida Silva

Brunna Candida Silva

Consultora de Pré-Vendas em Tec-Info Tecnologia em Informática
Formada em Edificações e atualmente cursando Engenharia Mecânica. Aspirante à ser uma exímia conhecedora de Gestão Empresarial e Tecnologia.
Brunna Candida Silva
Sobre o autor

Brunna Candida Silva

Formada em Edificações e atualmente cursando Engenharia Mecânica. Aspirante à ser uma exímia conhecedora de Gestão Empresarial e Tecnologia.

Comentários

Deixe uma resposta